sábado, 14 de janeiro de 2017

O Que Mais Me Chateia

Olá pessoas!
Sabem qual é a coisa que me chateia ao ponto de eu ficar com raiva?
Pessoas que são exigentes com toda a gente à sua volta, mas não consigo mesmos.
Este tipo de pessoas encontram-se em todo o lado, escolas, patrões, até em casais.
Aqueles professores que exigem o possível e o impossível dos alunos, como se eles não tivessem vida própria ou outras disciplinas para fazer, que os mandam abaixo quando cometem um erro que deriva de uma dúvida que o professor não resolveu, mas que demoram mais de um mês a entregar um simples teste, com a desculpa de uma doença inventada, ou que "também têm vida". Hora e meia não chega para simplesmente fazer contas de somar e colocar as notas em trinta testes, nas aulas apenas metem os alunos a fazer exercícios e passam a aula sentados a fazer sabe Deus o que nos seus computadores.
Patrões que quase sugam a energia dos seus empregados enquanto eles não fazem rigorosamente nada e têm uma boa vida que provém do trabalho dos seus trabalhadores que passam a vida a satisfazer o chefe para conseguirem sobreviver e manter o trabalho que lhes mete comida na mesa.
Aquela pessoa num casal que exige tudo e mais alguma coisa do seu par, sem dar nada em troca. Não se interessa pelo estado do seu parceiro, apenas se foca em si é basicamente está num namoro apenas para amostra e acaba por se aproveitar do seu parceiro. Falam e falam de si mesmos, sem perguntar como é a outra pessoas se sente, precisam de presentes caros, mas quando toca a dar, nem se esforçam, e quando for para acabar o namoro, encontram a desculpa mais ridícula para o fazer, apenas porque já se fartaram da outra pessoa. Enquanto uma sofre para manter um relacionamento com a pessoa que gosta, a outra vangloria-se por ter dado uma tampa a alguém.

Este tipo de pessoa irrita-me, pensam que têm imensa autoridade e que estão no topo, por isso não fazem nada senão exigir, querem e querem, mas não fazem nada, nem tentam disfarçar o seu desinteresse.
Não há problema em ser rigoroso com as pessoas à vossa volta, mas antes de exigir de outros, exigam de vocês próprios. Tornem-se alguém que seja respeitado e que a outras pessoas queiram naturalmente satisfazer os vossos requisitos.

Este post foi um pequeno desabafo, espero que não se importem e desculpem se parecia que estava um pouco revoltada. Não é que seja mentira que estas pessoas me revoltam.
Eu gosto de escrever este tipo de desabafos e depois publicá-los no blog, portanto espero que não se importem muito com este post diferente do habitual.
Até à próxima!

2 comentários: