quinta-feira, 14 de abril de 2016

Outfits Of The Week| April

Olá pessoas! Hoje trago-vos um post com os outfits que usei na última semana de férias da Páscoa, e sei que as férias já foram à quase duas semanas, mas este vídeo demorou algum tempo a editar (se ainda não viram o vídeo, o link vai estar no final do post!), mas já está finalmente online!
Ainda falando do canal, a partir de agora, todas as segundas e quintas podem contar com um novo vídeo no canal, não sei a que horas, por vezes pode ser à tarde, às vezes à noite, vai ser como me der mais jeito, mas gostava que não se esquecessem que eu ainda estou em aulas e vou ter exames este ano e que por vezes, vou falhar um dos dias, ou até a semana inteira e peço já desculpa adiantadamente por isso, mas eu também sou humana e também tenho outras prioridades que estão acima do canal e do blog, espero que percebam.
Os posts no blog não vão parar, até pelo contrário, estou a tentar com que eles sejam mais frequentes, quer seja a fazer posts normais, quer sejam textos a falar de assuntos que me tenham estado a chatear e que tenho uma certa necessidade em partilhar.
Agora, só espero que gostem do post e digam-me qual foi o vosso outfit favorito, pessoalmente, o meu é o último! E se por acaso os quiserem recriar, não se esqueçam de me enviar uma foto para o twitter do blog (o link está na barra do lado direito).


Calças: Bershka
Camisa: Bershka
Casaco: Bershka
Botas: Seaside

Calças: H&M
Blusa: Stradivarius
Ténis: Guimarães
Cardigan: Pull&Bear
Mala: Bershka


Saia: Bershka
Croptop: Bershka
Botas: Seaside
Casaco: Bershka
Mala: Bershka

Calças: H&M
Blusa: Bershka
Botas: Seaside

Calções: Pimkie
Croptop: Bershka
Botas: Seaside
Casaco: Inside

E estes são os outfits! Espero que tenham gostado e não se esqueçam de comentar qual foi o vosso favorito! Se ainda não viram o vídeo, o link está AQUI.
ja agora, subscrevam ao canal e o blog para não perderem nenhum vídeo nem nenhum post.
Até à próxima!

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Arrependimentos

Acho que qualquer um de nós estaria a mentir se dissesse que nunca se arrenpendeu de fazer alguma coisa. Se estiverem confiantes que nunca se arrependeram, é porque não sabem o verdadeiro significado da palavra 'arrependimento'. Se fores uma dessas pessoas, eu vou dar-te a minha definição de arrependimento, o que talvez te faça mudar de ideias.
Arrependimento é quando fazes uma decisão que por mais tempo que passe, não te consegues esquecer dela. Ela está afundada na tua mente e de vez em quando vem à superfície. Tu relembras-te de cada segundo do momento em que tomaste a decisão de fazer ou não fazer, ou dizer ou não dizer algo e automaticamente o teu sorriso desaparece e o teu dia fica um pouco mais nublado. Por vezes, este sentimento é tão forte que o teu coração pesa e aleija-te o peito.
Tenho a certeza que já sentis-te isto. Eu sei que eu senti. Quer tenha sido por ter falado com uma pessoa em primeiro lugar, quer tenha sido por ter tido uma atitude rude com quem não devia, eu já senti isto. Bolas, eu sinto arrependimento neste momento por não ter coragem de falar com uma pessoa e saber que estou a perder uma oportunidade.
No meio de todos estes sentimentos mais obscuros, a verdade é que, no final do dia, o que está feito, feito está. Não podemos mudar o passado e quem sabe, se tivessemos feito a decisão oposta hoje podíamos sentir ainda mais arrependimento. 
Era aqui que eu queria chegar sobre este tópico, eu sei que é difícil esquecermos os passado e não pensar sobre aquilo que fizemos, mas a verdade é que, em certo casos, é o mais acertado a fazer. Esqueçam o que fizeram ou o que não fizeram, o que disseram ou não disseram, por vezes, o melhor é esquecer, porque por mais que se arrependam, não muda o que aconteceu. Por vezes recebemos o perdão da pessoa, mas mesmo assim continuamos a pensar nisso, acreditem, isto acontece.
E não interpretem mal as minhas palavras, não pensem que estou a dizer que vocês nunca deviam sentir arrependimento mesmo quando erram, porque não é isso que eu estou a tentar dizer, mas a verdade é que em algumas situações, especialmente as que se encontram num passado mais distante, não vale remoer sobre o assunto, porque está feito. Provavelmente fizeram o vosso pedido de desculpas, mas mesmo assim ainda não conseguiram parar de pensar sobre o facto de terem errado. Nestes casos, tentem simplesmente esquecer, matem esses demónios, porque a única coisa que eles fazem é assombrar-vos a vida e vocês têm que os travar. Não estou a dizer que é fácil, porque não é, eu própria estou a tentar perceber como é que é suposto eu fazer isto, mas mais tarde ou mais cedo, isto acaba por acontecer. Mais tarde ou mais cedo vocês vão esquecer o que aconteceu, ou pelo menos, vão conseguir continuar a sorrir quando se lembrarem.

domingo, 3 de abril de 2016

Típico Dia

Hoje foi o típico domingo. Sair à tarde e passar por várias lojas com um objetivo diferente todas as semanas. Hoje o objetivo era comprar os materiais para arranjar a garagem para onde a minha mãe vai deslocar o seu pequeno negócio. Foi um dia típico, nada de interessante. No carro tão depressa estávamos a rir, como a discutir, como a gozar, como em total silêncio, mas isso é típico. Os meus pais já estavam um pouco fartos de esperar por mim, mas isso também é típico. Passávamos eternidades nas lojas à procura da melhor solução para a questão de como organizar a garagem, mas isso é típico, se não for a resolver problemas com a garagem, é a questionarmo-nos que peça de roupa comprar, ou o que pedir no café ou onde é que vamos a seguir. Depois, a caminho de casa, como é típico, estivemos a trocar ideias sobre o que iria ser o jantar. E uma típica tarde de domingo não seria tão típica se não acabasse comigo nas redes sociais ou a ver Friends e os meus pais a dormir, na verdade já oiço o meu pai a ressonar no quarto ao lado. Como é típico, o meu irmão chegou a casa a questionar-se o que seria o jantar. E sei que daqui a nada eu e o meu irmão vamos estar a acordar os nossos pais para fazerem o jantar, como é típico.